”ADVOGADO DE JUDAS”


‘’ADVOGADO DE JUDAS’’

Paz a todos!

Lendo os relatos da traição de Judas ao Mestre, não consegui ver da mesma forma que muitas pessoas veem.

Por que muitas pessoas creem apenas no que ouvem e não examinam as Escrituras pra saber se aquilo realmente é verdade.

O que falarei é algo diferente e ninguém precisa aceitar ou concordar, é apenas uma visão mais humana e tentar entender o que se passou na mente de Judas.

Muita gente fala que não ouve arrependimento nele e o julgam como condenado ao inferno. Isso cabe a Deus julgar, mas vamos ver a passagem que chamou atenção:

Mateus 27.1-7

E, chegando a manhã, todos os príncipes dos sacerdotes e os anciãos do povo formavam juntamente conselho contra Jesus, para o matarem.

E, manietando-o, o levaram e o entregaram ao governador Pôncio Pilatos.

Então, Judas, o que o traíra, vendo que fora condenado, trouxe, arrependido, as trinta {moedas} de prata aos príncipes dos sacerdotes e aos anciãos,

dizendo: Pequei, traindo sangue inocente. Eles, porém, disseram: Que nos importa? Isso é contigo.

E ele, atirando para o templo as {moedas} de prata, retirou-se e foi-se enforcar.

Ouve arrependimento sim e nessa hora caiu a ficha pra Judas: Que estrago eu fiz?

Nenhum dos discipulos tinha até então a revelação que Jesus iria morrer e ressucitar. Nem mesmo Pedro, que chegou a falar que Jesus não morreria e Jesus o repreendeu.

Judas sabia que Jesus sempre dava um jeito de escapar das mãos dos fariseus, como ele tinha essa fraqueza da avareza, ele pensou nas 30 moedas e que Jesus escaparia.

Veja o enfoque no versiculo: VENDO QUE FORA CONDENADO, TROUXE, ARREPENDIDO AS TRINTA MOEDAS.

Creio que ele tentou até reverter devolvendo as moedas e não teve jeito.

Fico imaginando o que se passou na cabeça de Judas, o culpa, o desespero de ter visto Jesus preso. Ele não traiu Jesus pra ve-lo morto e sim por causa de sua avareza.

A Escritura teria de ser cumprida também.

Como ele tinha essa fraqueza, deu lugar ao diabo e por isso era considerado o filho da perdição.

Arrependimento em Judas? Ouve. A Biblia é clara.

Salvação de Judas? Quem somos nós para sermos juizes?

Estão vendo como é complicado julgar? Cabe a Deus o destino de Judas.

Não cabe a nós julgar e condenar ele.

Foi trágico.

Fico pensando nele sozinho, o remorso e a voz da acusação em sua mente, traidor, avarento e mau, ele não suportou. Nem suportaria olhar para os discipulos e não ver mais o Mestre.

Ele não sabia que Jesus ressucitaria, nenhum deles sabia disso, não tinham a revelação.

Por isso não julgo a Judas e me coloco no lugar dele, como deve ter sido suas ultimas horas de vida e saber que mandou seu Mestre pro Getsêmani.

Tudo isso por que não compreendia e nem tinha a revelação da ressurreição.

Quantos morrem hoje sem saber.

Antes de julgar o próximo, ajude e faça-o compreender a verdade.

Nesse caso aqui foi o cumprimento das Escrituras, mas e quantos casos tem por ai semelhante e quantas pessoas ao invés de dar um ombro amigo. Mandam o irmão pra forca.

Todos nós temos uma fraqueza e uma inclinação para o pecado.

Ninguém é santo. Ninguém é perfeito.

Tem gente que peca, pensando em beneficiar a si mesmo e esquece as consequencias que foi este o caso de Judas.

Tem gente que faz o mal por prazer mesmo. Gosta de ser mau, tem prazer nisso e de ver os outros sofrer.

Essa semana que passou dos primeiros dias de julho, um amigo sobrecarregado de erros, dogmas, tradição e pecados acumulados acabou na forca.

Enforcou-se como Judas fez e curioso que ele era advogado, por isso me inspirei no titulo da mensagem.

Meu amigo não julgava ninguém, ele fazia sempre a parte da defesa do réu. Meu amigo foi colocado no banco dos réus por que suicidou-se e muitos dizem que ele deve estar a essa hora no inferno como Judas.

Quem somos nós pra por alguém no banco dos réus?

Nenhum de nós é digno para julgar ninguém. Nem mesmo a Judas.

Se aplicar essa mensagem aos dias de hoje?

Vimos uma igreja grande e o pastor cheio de compromissos pega um irmão de sua confiança, e o coloca na tesouraria da igreja, na contabilidade.

Esse irmão de confiança começa ver a grana e sente vontade de pegar um pouco, pensando que ninguém ira perseber.

Da um rabiscada nos livros de contabilidade e pensa: ninguém viu e só um pouquinho.

Isso se repete até começar a dar erro, a igreja começa a ficar feia e algo da errado.

Fisco pega e ve que havia um rombo na contabilidade, o pastor inocente vai preso e o contador também é claro.

Isso é não pensar nas consequencias e achar que é só dar um jeitinho escondidinho que ninguém ve.

É tem muitos Judas por ai, achando que escondidos podem meter a mão em moedinhas e depois veem o tamanho do estrago que cometeram.

Esse fato

Que relatei aconteceu numa congregação por ai desse imenso Brasil.

O cara era ladrão? Pra alguns pode ser, pra mim é inconsequente como Judas e não pensou no depois, no por vir.

Vamos prestar atenção no que andamos fazendo ou tramando, isso pode trazer consequencias no futuro.

Vamos parar de julgar e de mandar irmãos para a forca. Vamos orar por eles e dar a palavra e a revelação das Escrituras e que ninguém mais venha a morrer sem conhecer a verdade.

Lembrem-se

Acusador é satanás

Juiz é Deus

ADVOGADO DE DEFESA DE QUALQUER CAUSA É SÓ JESUS!!!

Graça e Paz a todos.

MSN: fabianaviannarapaki@hotmail.com

    Anúncios

    TrackBack Identifier URI